Porque se Mapear Processos?

Na atividade de Mapeamento de Processos, levanta-se o fluxo de atividades de uma organização, seguindo a sua passagem por diversos departamentos, áreas e funções, onde gargalos podem ser identificados, e duplicidades de atividades são levantadas. O interessante do Mapeamento de Processos é perceber o desenho sistêmico das atividades, e descobrir que áreas ou funções participam do processo, agregando ou não valor, incluindo o trajeto físico, onde muitas vezes a informação ou produto, transita um longo caminho muitas vezes tortuosos para chegar ao final.

O Mapeamento de Processos eficaz é realizado em um curto espaço de tempo, para que a finalidade de “uma rápida fotografia” do processo seja alcançada e que ao término do mesmo, o ambiente não tenha se modificado tanto que não reflita mais a condição inicial do levantamento das atividades.